Oficina: A produção neoliberal do espaço (água e minério)

Coordenação: André Dal’Bó 

O objetivo desta oficina é coletar informações que contribuam para a compreensão dos novos arranjos normativos, entre atores público e privados, nos processos de mineração e de exploração da água em curso atualmente no Brasil.

Para tanto, daremos início às atividades com o levantamento exploratório de dois campos: I) a atuação da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), desde o processo de abertura de capital no ano de 2002, passando pela remodelação das formas de contrato com os poderes públicos executivos municipais (2008), até os atuais arranjos de gestão onde o capital financeiro passou a representar pelo menos um terço do balanço orçamentário anual da Companhia; II) as recentes transformações normativas e institucionais, sobretudo relacionadas ao Projeto de Lei do Novo código de mineração brasileiro (PL 37/11), que hipoteticamente permitirão um novo ciclo de expansão da mineração no Brasil, ampliando a destruição ambiental.

Continuar a lerOficina: A produção neoliberal do espaço (água e minério)

Oficina: Neoliberalismo brasileiro e construção da “classe C” ou “nova classe média”

Coordenação: Daniel Andrade

Esta oficina de pesquisa sobre o neoliberalismo propõe analisar a intersecção entre Estado, mercado e subjetividade no Brasil, tendo como foco a chamada “classe C” ou “nova classe média”. O objetivo é pensar qual tipo de sujeito político foi construído pelo discurso sobre a “classe C” e pelos dispositivos de políticas públicas e de estratégias empresariais que surgiram a partir dele. Pretende-se inverter a abordagem predominante no debate intelectual atual, o qual, partindo de definições previamente estabelecidas, questiona se se trata efetivamente de uma classe ou de uma classe média. Ao invés de averiguar a verdade deste discurso em sua adequação com a realidade ou com as teorias sociológicas, busca-se pensar os efeitos que esse discurso produziu ao ser aceito como verdadeiro.

Continuar a lerOficina: Neoliberalismo brasileiro e construção da “classe C” ou “nova classe média”

Reunião Aberta (17 de setembro de 2016)

Gostaríamos de convidar a tod@s para a reunião aberta, a ser realizada no dia 17 de setembro, sábado, quando pretendemos discutir tanto as atividades programadas, quanto ideias comuns, colaborações possíveis, acréscimo de temas e ações que ainda não foram vislumbradas.
O convite se estende a tod@s que se interessem pelos temas e proposta.

Data: 17 de setembro de 2016
Horário: 9h – 12h

Local: Faculdade de Direito da USP – Largo São Francisco, 95
Sala Conselheiro Crispiniano, térreo

Continuar a lerReunião Aberta (17 de setembro de 2016)

Seminário Neoliberalismo e a razão do comum (11 a 14 de abril de 2016)

11 a 14 de abril de 2016

Iniciativa conjunta da Rede Interdisciplinar de Pesquisadores e dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia, em Filosofia e em Ciência Política da FFLCH/USP, o Seminário Neoliberalismo e a razão do comum: história, dispositivos e crítica, a ser ministrado pelo professor Christian Laval (Université Paris Ouest Nanterre La Défense), objetiva fomentar o debate sobre as racionalidades políticas contemporâneas, em especial o exame crítico da vertente hegemônica neoliberal. Pouco desenvolvida pelas filosofia e ciências sociais brasileiras, essa abordagem teórica do neoliberalismo tem permitido, nos circuitos internacionais de pesquisa, a agregação de diferentes áreas disciplinares e a análise de distintas configurações histórico-sociais. Sua adoção tem resultado em ambientes de experimentação metodológica colaborativa para a apreensão e investigação dos dispositivos neoliberais. O Seminário pretende problematizar a atualidade política do neoliberalismo à luz do confronto com outras racionalidades, objeto dos últimos livros de Christian Laval, realizados em parceria com Pierre Dardot: “La Nouvelle Raison du Monde” (2009), “Marx: Prénom, Karl” (2012) e “Commun” (2014).

Programação
Local: Prédio de Filosofia e Ciências Sociais – FFLCH/USP

11 de abril. (16:00. Sala 118)
“As raízes históricas do neoliberalismo ou o nascimento do homem econômico”
Debatedor: Jean Tible (Ciência Política/USP)

12 de abril. (15:00. Sala 14)
“Neoliberalismo, uma lógica normativa universal”
Debatedor: Paulo Arantes (Filosofia/USP)

13 de abril. (19:30. Auditório 8)
“O comum: história longa e emergência contemporânea”
Debatedor: Ruy Fausto (Filosofia/USP)

14 de abril. (19:30. Auditório 24)
“Neoliberalismo e o comum, duas razões do mundo em luta”
Debatedora: Vera Telles (Sociologia/USP)

Oficina: A expansão do ensino superior privado e as manifestações populares (29 de agosto de 2015)

29 de agosto
10:00

Expositores:

Wilson Mesquita de Almeida
Docente da Universidade Federal do ABC
Autor dos livros “USP para todos?” e “Prouni e o Ensino superior privado lucrativo em São Paulo”

Regina Magalhães de Souza
Doutora em Sociologia (USP)
Autora dos livros “Escola e juventude” e “O discurso do protagonismo juvenil”

Continuar a lerOficina: A expansão do ensino superior privado e as manifestações populares (29 de agosto de 2015)

III Seminário Neoliberalismo e racionalidade política (agosto a novembro de 2015)

III Seminário Neoliberalismo e racionalidade política

21 de setembro
“A grande imprensa e a formação da agenda ultraliberal no Brasil dos anos 1990”
Prof. Dr. Francisco Fonseca (FGV/SP)

15 de outubro
“As novas políticas sociais”
Profa. Dra. Cibele Rizek (IAU/USP)

12 de novembro
“Neoliberalismo como gestão do sofrimento”
Prof. Dr. Christian Dunker (IP/USP)

19 de novembro
“A polarização social no Brasil e na Turquia”
Prof. Dr. Álvaro Comin (FFLCH/USP)

25 de novembro
“A contrarrevolução dos números”
Prof. Dr. Fabrice Bardet (Université Lyon)

26 de novembro
“Tercerização e direitos do trabalhador”
Prof. Dr. Jorge Souto Maior (FD/USP)

 

Cartaz geral

Oficina: Experiências da exceção (junho a agosto de 2015)

11 de Junho
As intervenções estatais na Cracolândia
Raul Carvalho Nin Ferreira
Defensor público do Estado de São Paulo

27 de Junho
Justiça e Psiquiatria
Fabiana Zapata e Maria Fernanda Elias Maglio
Defensoras públicas do Estado de São Paulo

08 de Agosto
O caso Pinheirinho
Mateus Moro
Defensor público do Estado de São Paulo

Continuar a lerOficina: Experiências da exceção (junho a agosto de 2015)

II Seminário Neoliberalismo e racionalidade política (agosto e setembro de 2013)

8 de agosto Cultura de esquerda e o esboço de uma contra-hegemonia nos anos 1960-1970
Prof. Dr. Marcelo Ridenti (Unicamp)

15 de agosto A racionalidade na Cooperação Internacional: notas etnográficas sobre a disseminação da lógica da matriz de projeto
Profª. Drª. Anna Catarina Vianna (UFSCar)

29 de agosto – PT: História e perspectivas depois de junho
Prof. Dr. Lincoln Secco (USP)

11 de setembroOs protestos de junho entre o processo e o resultado
Prof. Dr. Pablo Ortellado (USP)

19 de setembro Nova razão do mundo, novo tempo do mundo
Prof. Dr. Paulo Eduardo Arantes (USP)

CARTAZ 2º CICLO

I Seminário Neoliberalismo e racionalidade política (abril a junho de 2013)

22 de abril – As novas fronteiras da escravidão: Brasil, Cuba e Estados Unidos no século XIX
Prof. Dr. Rafael Marquese (USP)

06 de maio – Ética, economia e política: a vertente ultraliberal do liberalismo
Prof. Dr. Cícero Araújo (USP)

21 de maio Políticas sociais no Brasil recente: entre o alívio e a superação da pobreza
Profª. Drª. Amélia Cohn (CEDEC)

28 de maio Política Social: entre o Estado e o Mercado
Prof. Dr. Eduardo Fagnani (Unicamp)

11 de junhoMax Weber e Michel Foucault, convergências em uma ontologia do presente: a questão da racionalidade
Prof. Dr. Márcio Fonseca (PUC/SP)

17 de junho – Neoliberalismo: palavra, atos e atores
Prof. Dr. Roberto Grun (UFSCar)

25 de junho – Capitalismo de laços
Prof. Dr. Sérgio Lazzarini (INSPER)

Cartaz_Programação_Completa_SEM ORG

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search