Seminário Dispositivos intelectuais de engajamento dos anos 1970 (out-nov/23)

Seminário
Dispositivos intelectuais de engajamento dos anos 1970

out-nov/23

Na segunda metade da década de 1960, a hegemonia declinante de antigas figuras do engajamento, gravitadas em torno do Partido Comunista Francês (PCF), cederia espaço a outras alianças entre intelectuais e múltiplas formas organizacionais moduladas pelas sedições nas ruas e instituições. Ato contínuo, o recrutamento militante passaria cada vez mais ao largo da influência dos órgãos partidários com consequências significativas, entre as quais, a proliferação inventiva de práticas de subjetivação militante. A renovação geracional das forças políticas alinhadas às aspirações socialistas assumiria outra direção, em especial a partir de 68, contexto de emergência daquilo que poderíamos chamar de dispositivos intelectuais de engajamento. Além disso, no âmbito internacional, a recepção do 68 francês terminou por revelar mais claramente as contradições locais e suas especificidades. Problematizar a atualidade do pensamento francês dos anos 1970 a partir dos dispositivos intelectuais de engajamento implica a reconstrução das figurações sociais que lhe deram fisionomia internacionalista, objetivo deste Seminário. 

[programação] Seminario CIPh out-nov 2023



Citar este post
Nilton Ken Ota (2023, 17 Setembro). Seminário Dispositivos intelectuais de engajamento dos anos 1970 (out-nov/23). Rede Interdisciplinar de Pesquisadores - USP. Recuperado em 12 de Junho de 2024, de https://doi.org/10.58079/te4a

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.